Extremismo

O extremismo te faz seguir o erro. Se você vive com a certeza de uma verdade absoluta, já esta errado. Ao extremo a vida nos prende em dogmas, crenças, ideologias, a quais são para cada ser a ideia certa a seguir…  E se tronam extremos, sistemáticos, para algo que não será correto como pensam.

Sou correto no que digo, será que é 100% mesmo? Não meu caro. Não se diga com tanta certeza, pelas incertezas e complexidades que é a vida e ainda mais as pessoas. Em todas as questões, o que observei é que as pessoas vão correr para aquilo que lhes trazem conforto e bem-estar, sendo muitas vezes individualistas, porém é comum entre o ser humano, pensar só em si. Então se um partido lhe convém, uma religião, uma opção sexual, de carreira, relações, escolhas até mesmo de como será seu dia, tudo cabe apenas a ti e tuas escolhas, mas respeite a de todos, que como você é um ser individual, os outros também tem sua individualidade e cabe a todos nós apenas o respeito. Só não se ache dono da razão, nunca. Pois mesmo se você agir de forma em que se ache certo, sempre terão outros e outras razões para o oposto, em uma só questão. Imagine então, o mundo e todas as pessoas que vivem, cada, pais, cidade, cultura,  família, e pessoa, cada uma carrega do mundo aquilo que aprendeu e quer para si também.

E cabe a nós pensar, não só em nós como individuais, mas também como um todo. Se o ser humano pensasse mais assim não aconteceria tanta tragedia como esta.

Dou um tiro, esfaqueio, xingo, brigo, mato, fujo, me escondo, grito… Isso seria sobrevivência, desespero, mas sempre algo a mais acima dessas ações. Numa guerra, razões acima se fazem por escolhas de poucos indivíduos, mas quem são abatidos é um numero maior de pessoas, e pra que razão? De apenas um homem? Que razão você usa para fazer um erro? E se você não visse o mundo individual com o ego, mas como um conjunto de tudo, seja a natureza, os animais, o ser humano… É esse o problema em qualquer situação que imaginar, desde a menor a maior como aqui mencionado. Mas cabe a nós mudar o mundo.

 

Renata Pilger do A partir desse momento

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *